Livros para volta às aulas – por Paula Santos

001

Oi gente, tudo bem? Hoje quem escreve aqui sou eu, Paula, do blog Mundo da Paula (http://www.mundodapaula.com). A Laiza me convidou para escrever para vocês e aqui estou eu! O post é sobre um dos assuntos que mais gosto, livros! Espero que vocês gostem também.

Março já tá ai e as aulas chegam com ele. Então, para não deixar de ler um livro por diversão e manter o hábito de leitura, eu trouxe dicas de livros leves e tranquilos que não vão atrapalhar os estudos.

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista (Jennifer E. Smith)

002

Gente!! Esse livro é lindo e romântico demais!!

Descrição: Com uma certa atmosfera de ‘Um dia’, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

O Lado Bom da Vida (Matthew Quick)

003

Desse livro só digo duas coisas, se não leu, leia, e se só assistiu ao filme, leia também, o livro é muito melhor! Vai te fazer acreditar na felicidade, amor e esperança.

Descrição: Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um ‘tempo separados’.

Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.

À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que ‘é melhor ser gentil que ter razão’ e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez.

Um livro comovente sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança.

Para Sempre (Kim Carpenter)

004

Esse também é melhor que o filme, não que eu não tenha gostado do filme, mas o livro tem mais detalhes, você se sente dentro da história, se imagina no lugar da Krickitt. Aviso: você vai chorar!

Descrição: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a ‘Krickitt’ com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Princesa Adormecida (Paula Pimenta)

005

Me apaixonei por esse livro! Quem ainda não conhece o trabalho da Paula Pimenta, recomendo ler algum livro dela, ela é brasileira, de BH, e assim como eu, adoraria viver uma história de princesa.

Descrição: Era uma vez uma princesa… Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas esta princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal.

Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida.

Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim…

Então gente, é isso aí.. Desculpa de ficou um pouco grande, mas acho que valeu pôr a descrição de cada livro para vocês conhecerem um pouquinho de cada. Adorei escrever aqui e espero que vocês também tenham gostado da minha visita e das dicas.

Beijos

Facebook.com/blogmundodapaula

Instagram @mundodapaula_

http://www.mundodapaula.com

Anúncios

VÍDEO Resenha literária – Azar o seu!

image description

Vídeo novo depois de tanto tempo UHU haha. Eu estou me empenhando em ler mais, e com isso trazer mais resenhas para vocês. Preferem em vídeo ou em post? Me digam nos comentários.
A resenha de hoje é de um livro nacional, o primeiro que eu li esse ano e o primeiro dessa autora. Enfim, assistiam o vídeo para saber a minha opinião e logo abaixo eu deixei o link para o download.

DOWNLOAD

Espero que tenham gostado. Beijos ❤

Motivo do sumiço + Vídeo novo

resenha

Oi amores tudo bem? Eu sumi essa semana por conta do estágio, que comecei semana passada e ainda não me organizei para postar aqui no blog, mas semana que vem as coisas devem voltar ao normal. Acho melhor postar pela manhã para vocês darem uma passada no BV assim que acordarem haha. Explicado o sumiço venho com vídeo novo para vocês. De resenha literária, queria a opinião de vocês, preferem assim em vídeo ou acham post melhor? Me digam nos comentários ok?

Como disse no vídeo vou deixar os links para o download aqui para quem quiser ler também!

LIVRO 1 REAL

LIVRO 2 MINE

LIVRO 3 REMY

Espero que tenham gostado e deixem a opinião de vocês aqui! Beijos ❤

Resenha de Livro – Desastre Iminente

imagem

Oi amores e amoras, como estão? Se você gostou dessa resenha aqui ou já leu o livro Belo Desastre aposto que vai gostar de Desastre Iminente o segundo livro sobre Abby e Travis que é contado da perspectiva de Travis Maddox. O livro em si não muda nada dos diálogos ou das passagens dos dois no livro, eles são os mesmos apenas contados com uma outra perspectiva. Porém, em Desastre Iminente sabemos mais sobre a vida de Travis, como é a relação dele com seu pai e seus irmãos e vemos o amor que ele tinha – e ainda tem – pela mãe que morreu quando ele era pequeno. Vemos como Travis é emotivo, carinhoso e amoroso com seu pai, assim como é com Abby. Se você assim como eu amou Travis (mesmo não entendendo algumas atitudes dele) no primeiro livro, nesse segundo você vai amá-lo ainda mais, entender um poco mais sobre sua vida e sobre suas escolhas. O livro tem 365 páginas e acabei lendo em dois dias por conta de trabalhos e atividades do curso e se não fosse por isso leria em um dia porque eu amei a história.
Não tenho muita coisa para falar do livro porque se você leu Belo Desastre com certeza vai ver muitas passagens e diálogos iguais em Desastre Iminente, logo vou fazer a resenha do terceiro livro então fiquem ligadinhos aqui que logo, logo vai aparecer a resenha.

Me digam vocês já leram esse livro? Me deixem sugestões de livros aqui abaixo vou adorar ❤

Resenha: A probabilidade estatística do amor á primeira vista

03-resenha-de-livro-a-probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista

Oi amores e amoras tudo bem? Hoje eu vim fazer a resenha de um livro que eu li faz pouco tempo (eu estou lendo vários livros nesses últimos meses) e eu ainda não sei se gostei ou não do livro, por isso, se você já leu esse livro deixa aqui nos comentários sua opinião.

”Com uma certa atmosfera de um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.”

O livro conta a história de Hadley que tem 17 anos e está indo para o casamento de seu pai em Londres, com uma mulher que ela não conhece e resolve detestar mesmo assim. Ela perde seu voo por se atrasar quatro minutos e por causa desses minutos ela acaba conhecendo Oliver um garoto estranho e encantador. A história é narrada por uma terceira pessoa o que é novo para mim porque geralmente os livros que leio um dos personagens narra, por isso acho que estranhei no começo esse tipo de narrativa. É uma história rápida, o livro tem 248 páginas mas não significa que não dá tempo de amar os personagens ou entender a história, quando vi o título e o epílogo logo pensei que seria um livro de romance, porém, o livro vai fundo na relação de Hadley com seu pai que depois de um ano ela não o conhece e ainda não o perdoo por deixar ela e sua mãe e se mudar para Londres com uma nova mulher que vai se tornar sua esposa. Hadley acha incrível como ela consegue se abri com Oliver e como os dois tem uma conexão em tão poucas horas, eles estão sentados lado a lado e Oliver faz de tudo para fazer esquecê-la de seu medo de voar.
É uma história com bom humor, romance e relações familiares. Quase no final do livro a história dá uma reviravolta e no final acontece tudo o que você se pergunta desde o começo, ela vai perdoar o pai? Vai se encontrar com Oliver? Vai entender o porquê do pai ter deixado as duas? Essas perguntas são todas respondidas e é uma leitura tão gostosa que você não vê as páginas passando.
Eu indico se você busca uma leitura calma, com algumas risadas e gosta de livros mais curtos e poucas páginas.

Resenha do livro: Belo Desastre

belo-desastre-capa

Olá amores e amoras, tudo bem? Nesses últimos meses eu li alguns livro e vou fazer resenha de todos para vocês, na verdade todos são séries ou seja, livros seguidos sobre a mesma história e é um tipo de leitura que eu gosto mais porque eu me apego aos personagens e quando o livro acaba eu não quero deixar o personagem sabe? Eu sofro de abstinência pós personagens 😦 . Para começar eu vou falar da série de livros da Jamie McGuire até agora são três livros e eu li dois, ainda não achei o terceiro traduzido mas estou louca para ler por se tratar de um personagem diferente porém envolvido na história dos dois primeiros livros.
O primeiro livro é Belo Desastre que é narrado por Abby Abernathy. Abby teve uma infância e uma adolescência complicadas (isso não está expresso no livro mas você entende ao longo do livro que algo aconteceu) ela foi para uma faculdade bem longe de casa para fugir do seu passado e deixar para trás seus medos. Ela conhece Travis e sua fama de pegador a faz recuar, porém ele promete que não vai levá-la para cama apenas quer que sejam amigos, Travis é super protetor e tem problemas para controlar a raiva o que faz com que ele sempre estrague tudo, seja levando meninas para casa ou apenas falando as coisas erradas. Ao se passar um mês de uma aposta entre eles Abby percebe que está se apaixonando e mesmo que sua consciência diga que não é certo ela acaba apostando nesse amor impossível, após indas e vindas, brigas e choros, términos e reconciliações ela acaba percebendo que o que ela sente por Travis é mais forte do que ela imaginava.
Opinião: O livro me viciou, o total são 417 páginas e o li em três dias. Travis com todo o seu jeito no final é apenas um garoto que nunca amou e Abby tem medo de que seu passado atrapalhe seu futuro. Eu me identifiquei com os personagens e acho que eles tiverem o destaque merecido. A história não é parada, sempre tem algum acontecimento que meche um pouco com a gente seja uma briga ou uma cena de ciúmes não é aquela leitura monótona sabe? Algo sempre acontece. Se você estiver procurando um livro viciante, com cenas de luta mas também de romance esse é o que você procura.

assinatura

Resenha: Os treze porquês

os_13_porques_jay-asher

“Você não pode interromper o futuro, nem modificar o passado. O único jeito de descobrir este segredo é apertando play.”

Oi amores, geralmente quem faz resenha de livros aqui é Natali mas, esse domingo eu li esse livro por conta do tumblr. O que aconteceu foi que eu estava sábado á noite no tumblr e alguém postou um áudio e um texto para ser acompanhado, e se tratava do começo desse livro. Achei interessante e fui procurar resenhas sobre o livro para ver se ele era bem indicado. Aleatoriamente acabei escolhendo duas resenhas, uma falava bem e a outra nem tanto. Decidi que iria ler e tirar minhas próprias conclusões e aqui estou eu fazendo essa resenha.
Resumidamente o livro conta a história de Hannah Baker uma garota no último ano do colegial que cometeu suicídio. Clay Jensen chega em sua casa depois da aula e se depara com uma caixa de sapatos com fitas cassete com 13 histórias que Hannah afirma ser o motivo pelo qual levou ela a cometer o tal ato. De alguma forma treze pessoas que ela conta através das fitas foram responsáveis por sua morte.
“Espero que vocês estejam prontos, porque vou contar aqui a história da minha vida. Mais especificamente, por que ela chegou ao fim. E, se estiver escutando estas fitas você é um dos motivos.”
Clay sai pelas ruas da cidade ouvindo a voz de Hannah e a cada fita vai lembrando de partes que ajudam você a entender o contexto da história. Em uma única noite ele escuta as sete fitas cassete e acaba descobrindo segredos de pessoas que ele jurava conhecer.
“As regras são bem simples.São só duas. Número um: você escuta. Numero dois: você repassa. Espero que nenhuma delas seja fácil para você.”
Agora que vocês sabem mais ou menos o contexto da história vou falar o que achei do livro: Eu li o livro em seis horas, ele me prendeu do começo ao fim, com um pouco de suspense e me fez pensar em como coisas que podem parecer pequenas podem ser grandes para alguém. É disso que se trata o livro atos cometidos sem nenhuma importância para alguns e um peso enorme para outros. Hannah a personagem principal da história sofre com boatos espalhados pela escola e como ela mesma diz a partir desses atos o que acontece a seguir vira uma bola de neve. Ela passa a não confiar nas pessoas por achar que elas querem tirar vantagem ou estão erradas por conhecerem ela apenas pelos boatos espalhados por pessoas que ela costumava confiar. Ela não busca ajuda ou busca ajuda tarde demais depois da decisão tomada, A narração é feita por Clay e por Hannah onde ele escuta sua voz através dos fones de ouvido. Depois de ouvir a fita que falava dele, Clay começa a achar que poderia ter impedido o suicídio de Hannah e que ela dava sinais mas não muito claros, se dá conta de que gostava dela e faria qualquer coia para salva-la se soubesse.
Não vou contar o final do livro porque eu quero que vocês leiam e mais duas coisas. A primeira é que você tem que ficar atentos ao detalhes mínimos e alguns personagens que aparecem só em algumas partes, a segunda é que o livro vai virar filme porém procurei e não achei quando ele iria estrear, mas Hannah vai ser interpretada por Selena Gomez.

Imagem Transparente

Resenha: Entre o Agora e o Nunca

313848_10151290581201050_1439910079_n-1

Olá, olá, como estão anjos? Há algum tempo eu li esse livro e havia me esquecido completamente de postar a resenha dele, mas agora aqui estamos e então vamos lá?
Entre o agora e o nunca, conta a história de Camryn Bennett, uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que o namorado, Ian, morreu em um acidente de carro a um ano. Além da morte do namorado, Camryn enfrenta a saída do pai de casa, a prisão do irmão mais velho e a constante troca de namorados da mãe. Somente Natalie, sua melhor amiga é capaz de animá-la. Mas isso também vai por água abaixo quando o namorado de sua melhor amiga resolve dizer que está apaixonado por ela. Sem saber o que fazer, desesperançada da vida que leva, Camryn junta todo o seu dinheiro e pega o primeiro ônibus que surge na rodoviária, não importando o destino. É dentro de ônibus com direção a Idaho que ela conhece o belo e interessante Andrew Parrish. Após algum tempo Andrew tenta uma aproximação e encontra uma Camryn arredia, mas após algum tempo os dois começam a se dar bem, ele na intenção de protegê-la, ela por talvez ele ser uma boa companhia. Entre as conversas, Andrew acaba revelando o motivo da viajem, seu pai está morrendo com um tumor no cérebro em um hospital, mas Camryn não revela o que a fez pegar um ônibus para Deus sabe onde.
O relacionamento dos dois começa com uma boa amizade, depois de “salvar” Camryn de um possível estupro num banheiro de uma rodoviária, Andrewn a convida a ir visitar o pai e ela aceita. Ao sair do hospital sem muita esperanças da melhora do pai Andrew e Camryn decidem sair pelas estradas dos Estados Unidos somente com umas peças de roupas, boas músicas de rock clássico, um violão e seu carro. Camryn e Andrew acabam cultivando algo á mais que somente uma amizade de algumas semanas e descobrem um no outro motivos para deixarem seus medos para trás.
O livro é divido entre os personagens, uma hora Camryn rege a história em outra é a vez de Andrew. Aviso, o livro contém cenas de sexo entretanto, não é como você estar lendo 50 tons de cinza, aqui a coisa é natural e não tem nada de brutal. A história – em humilde opinião – só começa a ficar interessante quando os protagonistas se encontram e sim seria uma bela história sem as partes picantes. Mas confesso, apesar de ser lindo e emocionante, não me contentei muito com o final pois achei ser meio corrido e tal.
Mas eu super indico Entre o agora e o nunca, é um livro muito bom. Caso decidem ler me contem e já o leram me falem o que acharam?
download

Resenha: Cidade dos Ossos – Os instrumentos Mortais

Cidade-dos-Ossos

Hello girls, como estão? Pois bem, acho que todas vocês já ouviram falar da série de livros Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare, não é mesmo? Quando eu ouvi elogios sobre a história dos livros não me interessei muito – não sei porque -, mas ainda assim resolvi ler e hoje eu me agradeço muito por isso haha.

Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Cidade dos Ossos conta a história de Clary Fray, uma menina aparentemente normal de 15 anos que mora com a mãe, Jocelyn, no bairro do Brooklyn em NY e tem como melhor amigo Simon. A história tem início no Pandemônio, uma boate gótica no bairro, onde ela e Simon decidem entrar. Lá dentro, Clary presencia um assassinato praticados por pessoas com o corpo coberto por tatuagens e que somente Clary poderia vê-los. Depois do incidente a vida da garota vira de cabeça para baixo. É onde Clary conhece Jace Wayland, um dos assassinos da boate e descobre que ela e os outros são, na verdade Caçadores de Sombras, caçadores de demônios ou qualquer outra coisa que não deveria estar na terra e também descobre que tem o dom da Visão, o que explica o fato de somente ela conseguir enxergá-lo. Como se isso não bastasse, Jocelyn é sequestrada por habitantes do Submundo sobre o comando de alguém e na mesma noite Clary é atacada em sua própria casa. Jace acaba levando-a ao Instituto, onde ela conhece Alec e Isabelle – os outros dois acompanhates de Jace na boate – e também Hodge, o tutor dos três caçadores.
É no Instituto que Clary ouve falar de Valentim, um ex caçador de sombras que se rebelou contra a Clave e a quem todos achavam estar morto, e que ele está á procura do Cálice mortal – um dos instrumentos mortais – e que de alguma maneira sua mãe pode estar envolvida. Então Clary, Jace, Alec e Isabelle, mais tarde juntamente com Simon, entram em uma busca frenética num emaranhado de um mundo que Clary achava que só existia em contos de terror, para tentar achar o Cálice antes de Valentim. A trama trás vampiros, lobisomens, fadas e monstros de todo o tipo que a menina – junto com Jace e seus amigos – tem que enfrentar para conseguir sua mãe.
Além de aventura o livro trás um toque de romance, quando Jace – o louro, irônico e bastante convencido – se apaixona por ela, além do seu melhor amigo de infância Simon. Mas como sempre, várias surpresas aguardam o caminho de Clary e Jace, surpresas que podem mudar tudo o que ambos acreditavam até então, mas isso só lendo o livro para saber, né galerinha? Além de Cidade dos Ossos, a série da autora Cassandra Clare conta com Cidade das Cinzas – esperem pela resenha deste, já estou quase acabando de ler -, Cidade de Vidro, Cidade das Almas Perdidas e Cidade dos Anjos Caídos.
download